Como atualizar o ambiente com plantas – ZAP em Casa

Como refrescar ambiente com plantas   ZAP em Casa
Como refrescar ambiente com plantas ZAP em Casa

Com o início do verão, muitas vezes, nem o ventilador ou o ar condicionado o suficiente para aliviar o problema de ambientes muito úmidos. Mas o que talvez você não saiba é que a decoração da casa pode ajudar (e muito!) quando o assunto é ambiente fresco.

+Baixe o Aplicativo do do-it-yourself do ZAP em Casa

+ Siga o nosso perfil no Pinterest

Mais precisamente, nas plantas essa energia para refrescar o local e fazer tudo muito mais agradável, é latente. E esse sentimento não é apenas visual, a vinda do verde da folhagem, mas totalmente orgânico. Marina Dias, um membro do PiMa Artesanal, estúdio de design botânico, explica que em lugares muito quente ou com pouca circulação de ar, as plantas ajudam na refrigeração do ambiente, porque “suor” de água.

refrescar ambienteFoto: Reprodução/Pinterest

?Devido à constante troca de oxigénio e de dióxido de carbono que fazem a atmosfera, eles também contribuem para a limpeza do ar, pois tem a capacidade de absorver alguns compostos químicos que os produtos que usamos no nosso dia-a-dia é lançado, tais como produtos de limpeza?, detalhes ela.

No entanto, é importante saber, antes de mais nada, que o uso de plantas para melhorar o clima de um espaço, é necessário prestar atenção ao tamanho e a quantidade. Marina ressalta que as plantas muito pequeno pode não gerar o resultado esperado.

Mas o mais legal de tudo é que você não precisa confiar em uma grande casa para cultivar suas próprias plantas para o benefício do clima. O designer de interiores Claudia Bitelo, responsável pelo perfil @314.ajuste, dá como dica o uso de plantas mais altas para quem mora em apartamento e tem uma varanda aberta. Portanto, o sol não entra diretamente no ambiente, a ponto de mantê-lo aquecido.

refrescar ambienteFoto: Reprodução/Pinterest

E para criar mais verde no seu ambiente é mais fácil do que parece. Uma parede viva em uma varanda ou dentro de casa, plantas penduradas, inserido nos cantos usado fora de casa e, mesmo mantidos em suportes de chão são algumas das opções que podem servir tanto para resfriar o local e a decorá-lo.

?Em qualquer lugar que você pode adaptar uma samambaia, por exemplo, e também usar os tetos e os cantos onde não há circulação?, indica Claudia.

E se o lugar para apoiar suas plantas já foi escolhido, você pode estar se perguntando quais são as espécies que são perfeitas para refrescar a casa.

Neste caso, muitos fatores devem ser levados em consideração, e o primeiro deles é a incidência de luz no local. ?É necessário observar a quantidade de luz e essa luz vai em cada ambiente, assim você não corre o risco de matar a planta se queima com os raios do sol ou até mesmo a falta dele. Algumas plantas são altamente resistentes a ambientes com pouca luz e tem uma boa capacidade de purificação do ar, é o caso do Antúrio, por exemplo?, conta Marina Dias.

A Espada de São Jorge, e a Jiboia são outras opções muito fácil de cuidar e muito bem para a purificação do ambiente. Além das espécies, as folhas maiores, como a Maranta, Samambaia, Ciclanto, Palmeira Rafis, com a Palma da Gama, Pau D’?água, Cróton, entre outros.

Para aqueles que optarem por manter as plantas em alta, o indicado é escolher espécies que se enquadram, como a Hera, o Tetra e o já mencionado Samambaia, que não só são bonitas em sua decoração, assim como têm a função de purificar o ambiente ainda mais eficaz.

refrescar ambienteFoto: Reprodução/Pinterest

Como último ponto de atenção na escolha das plantas, Ela sugere pesquisar bem antes de comprar o seu. Isso é porque algumas espécies pode ser tóxico e não é adequado para quem tem crianças ou animais de estimação em casa.

+ Inspiração: azul pastel para decorar a casa

+ Inspirações para usar o pingente de decoração

+ Confira 10 dicas para usar as estampas na decoração sem medo de errar

+ Saiba como inserir a Costela de Adão no meio ambiente

+ Ver dicas sobre como usar o celular com o gancho pernas na decoração

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*