Ela foi a Casa Cor…

Era ela...   Casa de Colorir
Era ela... Casa de Colorir

A maior parte da minha vida, a minha mãe trabalhou como comissário de bordo. Isso significa que, durante a minha infância, eu a levei toda a minha metade da semana, e na outra metade, eu tenho que conhecê-lo para emprestar para o mundo. Eu lembro que quando eu ver o temido mala aberta, sentado dentro dela para impedi-la de viagem. Mas a manhã não durou muito tempo… mesmo que pequeno, eu posso entender que toda a sua batalha para me oferecer o melhor que eu podia, em todos os aspectos. E esse poder que vem do seu, do lado esquerdo da casa, o homem, e o de férias para a parte de trás, de uma forma, eu tenho também mais forte. Uma grande parte de quem eu sou, sem sombra ofâ dúvida, um reflexo da força que essa mulher, que eu tanto admiro e amo.

Mas não pense que ek n’criança, coitada, não… Até porque toda vez que ela viajou, sy n substituto do peso em seu lugar: minha avó.

Ela foi…
Que era um dia quente de leite com açúcar queimado
quando a garganta teimava em pla
Que o meu amor Silvio Santos
Foi o melhor macarrão do mundo

Ela foi…
Ele amarrou o lenço com álcool no meu pescoço
quando a tosse, que parecia se acalmar
A senhora da renda dos melhores risole de trigo
E que me ensinou a brincar de “resta um”

Ela foi…
O que me deixa com o animal na capa
O que fez o tiro mais macio de todos os
E ele me ensinou o poder ofâ rouge e batom

Ela foi…
Ele me ensinou a orar
O cozinheiro
E também para me comportar

Ela foi…
Ela tem minha roupa novamente. Apenas o seu…
Que bordava lantejoulas nas minhas fantasias de carnaval.
E foi chamado de queijo cottage “queijinho da copa”

O pouco de voz… é só você, vê?
Amanhã faz 1 semana que ela nos deixou. De repente, de surpresa, tem um “adeus”para nós e foi para espalhar o amor para os outros cantos. Mas só de sentir a ausência de seu amor, que nunca chegou a viver com ela. Para o amor recebido por aqueles que tiveram o privilégio de sua companhia era tanto, mas tanto, que ele não tinha terminado sua despedida aqui no chão que a gente pisa. Ainda sinto esse amor, e ele é, e sempre será, muito presente dentro de mim.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*