Sobre empreendedorismo… – por Edu

Sobre empreendedorismo...   Do Edu
Sobre empreendedorismo... Do Edu

Como é viver de blog? É o suficiente para viver fazendo o que você ama? Vale a pena largar tudo? Este é mais um post sem passo a passo ou qualquer varanda incrível decoração. Então, se você está sem tempo ou saco para ler, compreender, também, se você fechar esta janela, e também eu vou ser feliz se você tomar alguns minutos para que a nossa prosa.

As 3 perguntas acima são frequentes na minha caixa de e-mail, e eu confesso que eu já cheio de caixas de correio a partir de pessoas que eu admiro com isso também. E como o blog é um convite para você conhecer minha casa, nada mais justo do que compartilhar que minha viagem, certo? Então senta que lá vem história.

Eu sou um cara muito, mas muito inquieto (você já deve ter notado). Apesar de ser enlouquecido com publicidade, ficou “revoltado” com as agências. Então eu criei o HC significa que não é nada como uma válvula de escape. Tanto que eu passei mais de um ano, sem qualquer tipo de publicidade ou de monetização. Era tudo uma grande piada muito engraçada.

instalação aparente 5

Acontece que a brincadeira foi crescendo e tinha um monte de pessoas, a fim de participar também. Em seguida, veio a multidão que se identificou com o que eu faço (sim, você!) e estava sempre vindo aqui. Com um número maior de visitas na casa, tinha de ter sempre uma novidade para contar, certo? E assim, as noites e fins-de-semana começaram a ser preenchido com tinta, adesivos, ferramentas e tudo mais. O blog tinha convertido em meu segundo emprego, até então, de caráter voluntário, mas com todo o meu compromisso, porque é algo que eu sou pequeno demais para fazer.

DSCF0993Houve um momento em que eu estava ganhando bem na agência, mas não de todo satisfeito com o trabalho. Eu estava feliz com o blog, mas não ganhando nada com isso. E isso estava me incomodando bastante porque eu me senti quase errado querer apoiar-me com algo que me é oferecido gratuitamente para outras pessoas. Acredite: os criativos não são sempre bons vendedores dos seus próprios peixes. E nesta crise existencial (ok, exagerei) um belo dia eu encontrei no facebook uma página que prometeu: VIVER FAZENDO o QUE VOCÊ AMA. E só de pirraça eu cliquei lá para confirmar mais um absurdo do mundo virtual.

Imagem aleatória pra ilustrar o post. Motivo: amor incondicional por essa poltrona. #sonhodeconsumo

Aleatório de imagem para ilustrar o post. Motivo: o amor incondicional por essa poltrona. #sonhodeconsumo

Foi então que eu ouvi pela primeira vez o termo Empreendedorismo Criativo. O grosso modo, é investir na sua capacidade, o que você gosta de fazer e fazer bem para transformar em algo rentável. Este foi o meu primeiro contato com Rafaela Capai e o Decolalab, um curso sobre empreendedorismo criativo que tem me ajudado muito, por ordem de milhões de idéias que existem neste cabeçona, e a partir deste, para conseguir mais propósito para minha vida e para o meu futuro negócio. Eu comecei a fazer um mini curso GRATUITO com 4 classes que têm esclarecido muito de mim e abriu o caminho para chegar onde estou hoje.

A boa notícia é que este mini-curso está no ar novamente , e você também pode fazer e descobrir se este é o empurrão que você precisava. Para se inscrever basta CLICAR AQUI!

“Mas e ai Edu, fiz o curso e o HC abalou?” Que nada! Empresários que desistir de tudo, cancelar a tv a cabo, vender o carro e desapegam geral certeza de que não estão na minha lista de inspiração. É tudo muito lindo nas revistas, mas eu continuo curtindo minha série sobre pagas, carro e tudo mais. Isto é, não ia ser tão fácil de deixar de ir a minha grande salário para investir todas as minhas fichas no blog. Mas fazer o Decolalab me ajudou a projetar a coisa, sabe? As pessoas que são criativas e só pensa em desenvolver grandes idéias, mas nem sempre sabe na gestão das coisas. Vender para quem? Como ter um plano de negócios? E essas porra planilhas do Excel? Sim, eu sou uma pessoa normal, exatamente como você. O que eu aprendi com tudo isso? Eu disse nesse vídeo aqui ó:

Este depoimento foi feito com tudo o que eu acredito sobre ser criativo e empreendedor, mas quando foi gravado, eu trabalhava na agência. Louco né? Sim, mas é uma história real. Eu terminei o curso (meio que nas coxas, porque eu sou um total de turma do fundão), e eu era o único conteúdo armazenado na cabeça para usar na hora certa. E um dia, finalmente chegou a hora…

Bem, o post já está enorme, e, em seguida, diriam uns aos outros com a sua boa vontade para ler tudo certo? Mas eu tenho muito o que falar ainda sobre como eu estruturada blog, como a loja surgiu e como eu consegui, finalmente, viver dessas duas empresas. Então, eu estou indo para testar um novo canal de comunicação com você. Eu quero compartilhar isso SIM todo esse meu esforço, mas também não quero transformar o blog em uma wikipédia que trata de tudo. Então, eu vou continuar com a nossa conversa sobre empreendedorismo por e-mail. Lá é mais fácil de responder individualmente às suas perguntas, além de ser capaz de dar conselhos mais específicos.

Para assinar a lista, basta preencher o formulário abaixo.

Por agora, a única dica que posso dar é: ESTUDE! Olhar para o conhecimento. O mini-curso de Decolalab é realmente muito legal para ajudar a você começar a colocar as ideias em ordem. Vá lá, mas vai com facilidade! A Rafa é uma das pessoas mais apaixonadas por que é que eu tive o prazer de conhecer. Você sabe o empurrão que você precisa digitar “VAI COM MEDO, MAS VAI!”? É isso que ela faz, mesmo dando uma voadora nas costas. Hehe

É isso, a nossa conversa está apenas começando e espero que você tenha gostado. Falamos em e-mail ok?

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*