A ferramenta simula as consequências por deixar o carro em casa

Ferramenta simula consequências ao deixarmos o carro em casa
Ferramenta simula consequências ao deixarmos o carro em casa

imagem18-09-2018-13-09-34

Urbanismo

A ferramenta simula as consequências por deixar o carro em casa

Escrito por: no 18/11/2015

A implantação do rodízio de veículos, o “Dia Mundial sem Carro” e a promoção do uso de bicicletas, com o aumento do número de ciclovias nas cidades, como já aconteceu em São Paulo, é indispensável algumas medidas que você pode ser salientado o declínio do uso de carros, bem como a origem do tráfego e a poluição resultante. Em junho deste ano, o “Simulador de impacto ambiental nas Ações de Mobilidade Urbana”, foi lançado como uma nova ferramenta para ajudar o cidadão a entender que o impacto das diferentes formas de transporte para levar os produtos para as cidades.

Imagem: Reprodução YoutubeImagem: Reprodução Youtube

O simulador é criado ofan parceria entre a Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) e o WWF-Brasil, uma organização não-GOVERNAMENTAL que trabalha em ações voltadas para a conservação da natureza. O objetivo é tornar mais transparente o impacto, e também as consequências quando deixar o carro em casa, salientando a importância de ações que buscam reduzir a emissão de poluentes por carros, assim como o melhor uso dos espaços na estrada e consome menos tempo no deslocamento do cidadão.

Imagem: Vá de BikeImagem: Ir De Bicicleta

Simular é simples. Diga-nos qual o lugar da cidade – todas as cidades com mais de 60 mil habitantes é incluído na ferramenta e determinar a porcentagem de transferência desejado entre as formas de deslocamento são utilizadas. Por exemplo, como seria possível para economizar tempo, espaço e energia física, como o uso do carro foi reduzido e, em seu lugar, o aumento do número do disco é feita a pé?

Se a cidade escolhida é a do Recife, e reduzir em até 30% das viagens de carro, escolha, a pé, a pé, a cidade teria 25% menos consumo de energia e emissões de poluentes, seria reduzida em 21%. Ou então, qual seria a consequência no tempo de viagem e os níveis de poluição gerada e a energia consumida, como foi realizada a troca de 50% do deslocamento de moto pela bicicleta? Em São Paulo, o tempo necessário para a viagem seria aumentou apenas 2%, enquanto os níveis de poluição local sou n’declínio de 8%.

Imagem: SuperinteressanteImagem: Superinteressante

O método de avaliação utilizado no simulador é baseado nos parâmetros brasileiros, com processos estatísticos de acordo com cada faixa da população. Além dos resultados, são apresentados em textos explicativos sobre cada indicador analisado. Iniciar as simulações nesta ferramenta, que está disponível na página da ANTP.

Referências: Simulador ANTP, Mobilizar, da Info

18 de novembro de 2015
0

carros

cidades

poluição

simulador

urbanismo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*